volvercuriosidades e lazer

Como escolher o teu entretenimento online

Partilhar no:

facebooktwittergooglepluslinkedinmail

Filmes, música, videojogos, livros, formação, … nunca antes, na história do lazer e entretenimento em casa, tivemos tantas alternativas ao nosso alcance para podermos escolher o conteúdo. Isto é possível graças aos serviços de streaming.

O que é um serviço de streaming?

Não entrando em detalhes técnicos, e muito resumidamente, o streaming é a tecnologia que nos permite reproduzir áudio ou vídeo da Internet, sem a necessidade de descarregar o ficheiro ou de o transferir para algum suporte físico como, por exemplo, um DVD. Os serviços de streaming permitem-nos o acesso a muitos conteúdos, geralmente por meio de um registo ou assinatura.

Video On Demand (VOD): escolhendo quando, onde e o que ver

Dentro deste tipo de serviços, os chamados “VOD”, que permitem assistir a filmes, séries e TV online, estão a tornar-se cada vez mais populares.

Talvez já sejas utilizador de um destes serviços e aguardas, neste momento, a nova temporada de uma das tuas séries preferidas. Pode ser até que, por estares este tempo em casa, estejas a considerar contratar uma nova subscrição com outra operadora. No entanto, sabemos que quanto maior a oferta, maior pode ser a indecisão… Por isso, para te ajudar, resumimos de forma simples informação que pode te pode ser útil escolheres entre um ou outro serviço, dependendo do que procuras:

1. VARIEDADE. O catálogo.

Obviamente, um aspeto fundamental ao comparar qualquer plataforma de conteúdo é o catálogo que oferece.

Por isso, é importante verificar o ‘número’ de títulos disponíveis, assim como o tipo de conteúdo que essa plataforma te oferece.

Na maioria, todos oferecem filmes, séries e documentários. Mas dentro desta oferta, podem existir muitas diferenças: como por exemplo, incluir as principais estreias de Hollywood, filmes independentes e de autor, clássicos, uma seleção especial para os mais pequenos … Depende de cada serviço. Alguns também oferecem outro tipo de conteúdos, como desporto, programas de humor, ‘latenights’, etc.

Depende do que gostas de ver ou, se já tiveres um serviço contratado, aquilo que gostarias de ter como complemento.

2. FUNCIONAL. Compatibilidade e conectividade

Graças à variedade de tecnologia que temos hoje em dia, existem muitas maneiras e dispositivos que nos permitem ver estes conteúdos.

É verdade que a maioria dos serviços de streaming possui a sua própria aplicação e opções de reprodução muito variadas. Mesmo assim, é importante garantir que podem ser reproduzidos e visualizados nos dispositivos que costumamos usar. Por exemplo, se quiseres desfrutá-los na TV, confirma que a aplicação é compatível com a tua Smart TV ou com o sistema de transferência de arquivos que costumas usar.

3. USO OFFLINE. Modo offline – download de conteúdo.

É um serviço cada vez mais comum, mas não é oferecido por todas as plataformas. Referimo-nos à possibilidade de descarregar o conteúdo, para vê-lo, depois, sem estares ligado à internet. Embora os planos de dados das operadoras móveis ofereçam cada vez mais ’gigas’, há momentos em que podemos não ter conexão à internet. Por isso, dependendo das nossas necessidades e circunstâncias, esta pode ser uma funcionalidade muito útil.

4. A QUALIDADE. Qualidade de imagem e som.

É um recurso que não te impede que aproveites o catálogo oferecido. Mas será algo a considerar se fores um ‘techie’. Se tens aquela TV de última geração em tua casa, será importante a resolução máxima, a qualidade de imagem e do som que cada plataforma te oferece. A maioria destes serviços oferece resoluções que podem variar de qualidade HD até 4K HDR.

5. O PREÇO. Taxa + dispositivos simultâneos

Obviamente, o preço ainda é um fator a considerar.

A maioria destes serviços funciona com assinatura, na qual pagas uma taxa mensal ou anual.

Outros oferecem a possibilidade de comprar ou alugar conteúdo sem necessidade de subscrição: pagas apenas para assistir a um determinado filme ou série.

Ao comparares preços, além de quanto te irá custar (€), é importante confirmares quais as opções de reprodução que cada tarifário inclui. Dependendo do serviço escolhido, podem incluir entre 1 a 4 dispositivos simultâneos.

E se ainda tens dúvidas … experimentar pode ser uma boa opção 😊

Para te ajudar numa decisão, a maioria das plataformas oferece ofertas que permitem que desfrutes de um período experimental. Algumas permitem o acesso grátis por um mês, outras oferecem preços com descontos durante um período de tempo, por exemplo, 3 meses.

Estas opções são interessantes para tentar conhecer os serviços em primeira mão. Fácil!

Mas cuidado! A maioria deles, para que tenhas acesso a estas ofertas, irá solicitar que registes uma forma de pagamento, como por exemplo o teu cartão de crédito WiZink. Geralmente, após o período experimental / promocional, uma renovação automática da assinatura é ativada. Por isso, se não pretendes continuar com o serviço e o pagamento associado, é importante que desatives essa opção antecipadamente, a partir do teu perfil de usuário em cada plataforma.

E tu, és WiZinker?

E tu, és WiZinker?

No GPS Financeiro partilhamos as coordenadas para as melhores decisões financeiras, para tirares o melhor partido da utilização do teu cartão de crédito e desfrutares o mais possível.

Segue-nos em

Facebook YouTube