volverponto de vista

2017 – Ano Internacional do Turismo Sustentável

Partilhar no:

facebooktwittergooglepluslinkedinmail

2017 – Ano Internacional do Turismo Sustentável

Viajar com consciência

Ano novo, vida nova, novas viagens e a oportunidade de assumir uma nova atitude. Pois é, começamos o ano a falar de viagens e marcação de férias.Parece estranho? Nem tanto. Aproveitando o mote da celebração do ano do turismo sustentável, porque não programar já no início do ano a grande viagem de 2017 e usufruir das vantagens de agendar as férias com tempo e preços mais em conta?
A Organização das Nações Unidas (ONU) declarou 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento. É um tema importante para o planeta e para a sociedade. O que se ganha quando se opta por viajar, levando na bagagem preocupações sociais, ambientais e económicas? A resposta é simples: todos ganham. Quem viaja usufrui do prazer dessa experiência, quem acolhe beneficia da sua estadia e as próximas gerações ganham a oportunidade de conhecer esse mesmo local, sem que ele seja adulterado, desrespeitado ou desapareça da face da Terra.
A resolução da ONU em declarar 2017 o Ano Internacional do Turismo Sustentável serve para incentivar os turistas a tomar consciência da diversidade e riqueza dos lugares que visitam, bem como da cultura e dos valores das populações que os acolhem. A intenção do turismo sustentável – muitas vezes também designado responsável ou ético – é promover uma melhor compreensão entre os povos e uma maior tolerância face a diferentes culturas, contribuindo para a segurança e a paz.
Esta forma de encarar o turismo assenta em três pilares: económico, social e ambiental. A palavra-chave é equilíbrio entre o povo visitante e o que acolhe. Em suma, turismo sustentável é aquele que promove a criação de negócios, comércio e empregos, mantendo respeito pelas raízes culturais e pelo meio ambiente, preservando tanto as tradições e os estilos de vida como os habitats naturais, sem comprometer o conforto e a segurança dos viajantes.
O turismo na natureza, o turismo rural e o ecoturismo são as formas mais sustentáveis de conhecer o mundo, mas há cada vez mais opções, diferenciadas não só pelo preço, como por outros fatores que devem ser considerados quando se planeia a viagem, como a época do ano e a acessibilidade.

Por sustentável entende-se todo o turismo que:

  • Fomenta o crescimento económico;
  • Reduz a pobreza
  • Prestigia a herança cultural
  • Promove o mútuo entendimento, a paz e a segurança.

Ser um turista responsável

Se escolhe destinos sustentáveis e optar por alojamento com preocupações ambientais e sociais, vá um pouco mais longe.

  • Respeite a cultura, os locais e o meio ambiente;
  • Compre no comércio local, dando justo retorno económico às populações que o acolhem;
  • Reconheça que a água e a energia são recursos preciosos que devemos usar com cuidado;
  • Ajude a proteger a vida selvagem;
  • Colabore na preservação dos seus destinos favoritos para que possa sempre regressar e para que as próximas gerações de viajantes possam usufruir desses locais
  • Assuma responsabilidade pelas suas ações, sem comprometer o prazer de viajar

Marque já o seu destino e poupe

Aconselhamos que agende já o seu destino pelo simples motivo de, no início do ano, conseguir marcar as melhores viagens e encontrar as melhores oportunidades de alojamento.

  • Portanto, quanto mais cedo, melhor. De acordo com um estudo recente efetuado pela Skyscanner, um dos principais agregadores de compra de bilhetes de avião e marcação de hotéis em janeiro é o mês ideal para comprar passagens aéreas, podendo chegar a uma poupança de 280 euros por passageiro, comparativamente a outras datas.
  • Se não conseguir com tanta antecedência… Mesmo assim tente sempre adiantar-se ao calendário. Ou seja, não deixe as marcações para a última hora. Marque a sua viagem pelo menos 21 dias antes da data em que pretende partir e, se vai ficar alojado num hotel, faça a reserva três ou quatro semanas antes do dia em que fará check-in.
  • O dia também conta. O mesmo estudo, entretanto divulgado pelo jornal espanhol El País, garante que é ao domingo que se encontram as melhores ofertas, e não à terça-feira, como era defendido em teorias anteriores. Já a sexta-feira é um dia a evitar na busca por uma viagem de sonho. A Skyscanner explica ainda que só por escolher o dia certo da semana para agendar a sua viagem pode poupar cerca de 30 por cento por pessoa, no caso dos destinos europeus, e mais de 20 por cento no caso de eleger destinos mais longínquos, como a Ásia.

Agora que já sabe o que deve fazer, é tempo de começar a pesquisar para programar uma viagem a lugares fantásticos associando o destino ao turismo sustentável. Prepare as malas e conheça os mais perfeitos paraísos da Terra, mas de forma consciente e contribuindo para a sua preservação. O mundo agradece.

Vantagens Wizink a ter em consideração na hora de comprar a sua viagem:

  • Na decisão: Parceiros WiZink Extra com descontos e outras vantagens, na categoria Viagens e Lazer
  • Na compra: Pagar as compras online com o seu WiZink é estar duplamente protegido, com a solução Pay Secure e a cobertura Safe Online
  • No pagamento: Lembre-se de que o WiZink tem a funcionalidade Compra Repartida podendo fracionar o pagamento das suas compras de valor igual ou superior a €250, em prestações fixas mensais, entre 6 e 60 meses.

 

Textos, edição e revisão: Cofina Media, SA

E tu, és WiZinker?

E tu, és WiZinker?

No GPS Financeiro partilhamos as coordenadas para as melhores decisões financeiras, para tirares o melhor partido da utilização do teu cartão de crédito e desfrutares o mais possível.

Segue-nos em

Facebook YouTube