volverponto de vista

Como manter o smartphone organizado?

Partilhar no:

facebooktwittergooglepluslinkedinmail

“Pretende descarregar a aplicação?” Uma vez, depois outra, depois outra. Os títulos apelativos, as imagens em movimento, os desafios implícitos (“só 5% das pessoas vencem este jogo!”), levam-nos ao quase obrigatório “SIM!”. Tal como numa casa acabada de estrear, um smartphone permite uma imensidão de aplicações… até se esgotar o espaço.

De repente, as apps que nos pareciam indispensáveis acabam a nunca ser utilizadas, os jogos invencíveis são demasiado fáceis para voltar a abrir, e as verdadeiras utilidades ficam tão perdidas que nunca são úteis em tempo útil.

Se já nem consegues encontrar a calculadora no meio de tantos ícones e se acabas a usar sempre as mesmas duas aplicações por falta de paciência, está na altura de te transformares na Marie Kondo dos smartphones. Primeiro truque: não compliques nos títulos das pastas. Segundo truque: não deixes aplicações sem categoria mais do que 15 dias. Se não usares e não conseguires categorizar:  delete!

Viagens

Viajar é uma oportunidade para expandir horizontes e para absorver culturas novas. Um novo país ou uma nova cidade é a oportunidade ideal para emergir na cultura, na gastronomia, na arte e na vida de determinada população. Tudo isto eleva as expectativas e os sonhos de viagem.

Transpor estes ideais para a realidade significa um planeamento exaustivo da viagem. Quer faças apenas uma por ano ou várias, esta pasta vai ajudar-te a ter tudo disponível, ao segundo.

  1. Começa por aplicações agregadoras. Trocando por miúdos: para saberes qual é o voo mais barato, o carro mais barato, o hotel mais barato, deves ter ferramentas que agreguem várias marcas e que comparem os preços.
  2. Depois deves também adicionar a app da companhia em que vais, efetivamente, viajar, para teres acesso aos bilhetes, às informações do voo…Já no destino, aplicações para os melhores museus e restaurantes bem como para utilidades (como farmácias e hipermercados) poupam imensas dores de cabeça.
  3. Depois, procura uma aplicação na qual possas marcar no mapa os locais que queres visitar e que, automaticamente, sugira a forma mais eficiente de conseguires ver todos.

Apps indispensáveis: para começares a planear a viagem, a Momondo e o Skyscanner fazem-te a comparação de voos; para o hotel, o Booking, o Trivago e o Airbnb têm uma multiplicidade de ofertas. Para planear os roteiros em determinada cidade, experimenta o intuitivo Sygic Travel Map.

Augmented Reality (AR) information technology about nearby businesses and services on smartphone screen guide customer or tourist in the city, close-up of hand holding mobile phone, blurred street

Transportes

Saber quanto tempo falta para o próximo autocarro, comprar bilhetes de comboio, pedir um veículo privado de transporte. Hoje em dia, todas estas tarefas podem ser feitas no conforto de casa. O problema é que as aplicações de transportes se vão acumulando, e quando pedimos serviços privados, acabamos por escolher a que aparece primeiro e não a mais barata.

  1. Criar uma pasta em que se agregam todas as apps de transportes vai poupar-te tempo e dinheiro!
  2. Ao ordená-las, junta todas as semelhantes, de maneira a poder abri-las de forma intuitiva e em simultâneo.
  3. Depois, não te esqueças de que algumas aplicações oferecem descontos em viagens através de códigos!
  4. Se optas por usar carro próprio nas tuas viagens, as aplicações de GPS e de trânsito serão as tuas melhores amigas. As apps de estacionamento pago também são cruciais para não ter surpresas!

Apps indispensáveis: para viagens de longo curso, as apps Comboios de Portugal e myRNE são indispensáveis para uma consulta rápida de horários e para compra de bilhetes.  Nos TVDE, há quatro apps em Portugal: Kapten, Uber, Cabify e Taxify. Como os preços variam, compensa ter todas, a menos que não operem na cidade. Para os utilizadores de carro próprio, o Google Maps e o Waze são  apps imprescindíveis.

Finanças

Ter controlo dos ganhos e dos gastos é, cada vez mais, algo  que se prefere ter à distância de um smartphone. Fazer pagamentos, verificar faturas, consultar o extrato transferir dinheiro… São tudo tarefas que nos habituámos a fazer nos tempos mortos, em 5 minutos, em vez de nos deslocarmos fisicamente a determinado local.

Criar uma pasta na qual agregas todas estas aplicações permite que mais facilmente faças os teus pagamentos, sem correres o risco de deixar algum para trás.

  1. Começa por instalar a app do teu banco principal e dos serviços que tens subscritos mensalmente: como a água, a luz, ou os serviços de telecomunicações.
  2. Aplicações de transferências online, através do telemóvel, ajudam a manter as finanças na linha e as dívidas bem longe!
  3. A aplicação Unido by WiZink é a solução ideal para quem quer fazer a gestão orçamental numa única app: ganhos e gastos, de várias contas, tudo numa só app!

Apps indispensáveis: o homebanking do teu banco, o MB WAY para transferências diretas para as contas dos teus amigos, a app da EDP para controlares melhor os gastos de eletricidade. Se tens cartão Wizink, também tens uma app que te ajuda a gerir melhor o teu cartão e a tua vida!

Taking food photo with mobile phone.

Comida

“O que vamos jantar?” A pergunta, inofensiva, pode mesmo acabar em discussão familiar. Equilibrar uma alimentação saudável com os gostos de cada um e os apetites de cada dia não é tarefa fácil. “Vê lá uma receita na Internet!”, “não, vamos encomendar!”, “porque não jantamos fora?”. Os minutos passam, a fome aperta e as apps de comida, e comida, e mais comida vão-se amontoando no telemóvel.

Esta é uma categoria que, a princípio, parece apenas ocupar espaço. A verdade é que comemos todos os dias, pelo que as apps vão ser (quase) todas usadas bem mais do que uma vez. É nesta categoria que deves pôr aplicações com restaurantes, receitas, ou mesmo os tão afamados serviços de entrega. Mas cuidado! Não levem as poupanças à ruína. Saibam limitar os jantares fora – e as encomendas também contam nesta categoria – a uma ou duas vezes por mês. É só uma sugestão J.

Apps indispensáveis: Uber eats e Glovo são as mais versáteis, para quem quer pedir comida e nem sabe muito bem de onde. Para conheceres restaurantes nas redondezas, Zomato!

Redes Sociais

Uma notificação aqui, outra ali, um comentário ou uma reação. De repente, o telemóvel tem notificações em quase todos os ecrãs, e parece mais desorganizado do que nunca. A probabilidade de as notificações virem da interação com outras pessoas é grande, por isso chegou a altura de juntares todas as apps de redes sociais numa só pasta!

Desta forma, as notificações ficam todas agregadas num só sítio. É aqui que deves pôr também as várias contas de e-mail e ainda as aplicações que usas para outras aplicações. Confuso? Se para publicares uma fotografia não dispensas a utilização de filtros de uma app específica, deve estar aqui.

Apps indispensáveis: Whatsapp, Messenger, YouTube, Facebook, Instagram, e todas as apps de edição para qualquer uma destas redes.

DICA: A propósito, podes seguir o WiZink no Facebook, Youtube e LinkedIn. Vem daí!

Textos, Edição e Revisão: Cofina Media, S.A | Imagens: Cofina Media, GettyImages e iStock Photos

E tu, és WiZinker?

E tu, és WiZinker?

No GPS Financeiro partilhamos as coordenadas para as melhores decisões financeiras, para tirares o melhor partido da utilização do teu cartão de crédito e desfrutares o mais possível.

Segue-nos em

Facebook YouTube