Regresso às aulas: stressar não é opção!

Sep 6, 2019

Se há palavra que define setembro, é regresso. Regresso ao trabalho ou à escola, às rotinas, às regras. Regresso das férias, da tranquilidade e da despreocupação. É preciso, agora, organizar o dia a dia da família, gerir o orçamento em função do incontornável investimento em material escolar, preparar as crianças para novos desafios e para novas responsabilidades. A primeira regra para um regresso sem sobressaltos é um bom planeamento. Depois? Encarar a mudança em família vai diminuir drasticamente o stress!

01

É um dos momentos mais temidos pelos adultos e mais esperados pelas crianças: regresso às aulas é sinal de material a estrear, de livros encadernados e de mochilas novas. Ou, pelo menos, é isto que os mais novos esperam. Do lado dos pais, traduz-se em muito dinheiro, muitas horas a fazer check na lista, e muito desperdício do ano anterior.

Assumam o compromisso do NÃO DESPERDÍCIO em conjunto. Façam uma triagem do material necessário, daquilo que podem reaproveitar do ano anterior. Optar por marca branca, em alguns dos materiais, pode ajudar a poupar algum dinheiro. Se a mochila estiver demasiado usada ou desatualizada, invistam numa nova. SUGESTÃO: Se ainda estiver em boas condições e com um estilo mais básico, podem optar por  decorá-la com pins, glitter ou outros acessórios. É uma atividade divertida, nada dispendiosa, e que resultará numa mochila única!

02

Há poucos ditados populares tão usados como este e é por boas razões. Às vezes, é preciso uma força extra para não ficar até tarde no sofá, de noite, nem até tarde na cama, de manhã. Se, no verão, tudo se permite e tudo se perdoa, setembro traz a rigidez de horários para cumprir. SUGESTÃO: O melhor é implementar o regresso à rotina de forma progressiva, ainda em agosto. Estipulem horários para dormir para toda a família, e não apenas para as crianças. Por um lado, porque os mais novos vão assumir mais naturalmente a rotina se não forem os únicos; depois, porque também é importante que os adultos estejam descansados no regresso ao trabalho.

Na rotina matinal, devem estabelecer um horário que vos permita executar todas as tarefas sem pressa. SUGESTÃO: As mochilas ou os materiais para levar para o trabalho devem estar prontos desde o dia anterior, bem como a roupa que irão utilizar – não se esqueçam de ver a meteorologia antes! Se são adeptos das marmitas, deixem os snacks já organizados e os almoços prontos no frigorífico de véspera. E já que falamos de refeições, tentem tomar o pequeno-almoço juntos, se possível.

03

Numa altura em que estão a estabelecer uma nova rotina, e em que o lazer é drasticamente reduzido, é importante que invistam a sério em tempo de qualidade. SUGESTÃO: Construam um calendário em conjunto, no qual somam ao horário escolar a hora de deitar e de acordar, as atividades extracurriculares, os trabalhos de casa e o tempo para brincarem ou aproveitarem em conjunto. Mais uma vez, faz todo o sentido que se estenda este exercício aos adultos, para que não levem demasiado trabalho para casa e não se esqueçam de ter tempo em família.

Já que falamos de atividades extracurriculares, há duas regras importantes quando os mais novos as têm: primeiro, devem inscrevê-los em algo de que realmente gostem; depois, devem certificar-se de que é possível na gestão do tempo familiar.

Façam planos de fim de semana, aproveitem a hora de cozinhar e de jantar, conversem no trajeto de carro. Vale tudo para tirar o máximo partido do tempo disponível!

Textos, Edição e Revisão: Cofina Media, S.A | Imagens: Cofina Media, GettyImages e iStock Photos